Por que as mulheres estão cada vez mais infelizes?

Dossiê: Por que as mulheres estão cada vez mais infelizes?
Por Rafael Ramus

No vídeo abaixo você encontrará um dossiê com pesquisas, dados, artigos acadêmicos e artigos de jornal, vídeos e entrevistas; tudo em busca da resposta para a pergunta: por que as mulheres se dizem mais infelizes agora do que há cinquenta anos atrás? Por que as aparentes conquistas que as feministas da segunda geração conseguiram não se converteram em vidas melhores para as mulheres?

Seria a diferença salarial entre homens e mulheres? A falta de oportunidades no mercado de trabalho? O número de casamentos que tem diminuído? Por que as donas de casa eram mais felizes há cinquenta anos atrás do que as diretoras de grandes empresas hoje?

Embarque comigo na mais longa jornada que fiz em frente à câmera do celular!

 


http://www.escritonassombras.com/dossie-mulheres-infelizes

Bibliografia – Videografia

The Paradox of Declining Female Happiness
http://www.nber.org/papers/w14969.pdf

Liberated and Unhappy
-http://www.nytimes.com/2009/05/26/opinion/26douthat.html

Alice Schwarzer vs Esther Villar (1975)
-https://www.youtube.com/watch?v=py2b1g73bt4

CNN Report Study Finds Post Feminism Women are LESS HAPPY!
-https://www.youtube.com/watch?v=dEfxn912acE

MGTOW – Women & Happiness: Is it Still Declining?
-https://www.youtube.com/watch?v=SAT2gf-W0MI

O Mito da Diferença Salarial entre Homens e Mulheres:
https://www.youtube.com/watch?v=gj8Qp3sfuRA

The Myth of the Gender Wage Gap by Dr. Christina Hoff Sommers
-https://www.youtube.com/watch?v=1oqyrflOQFc

Feminist myth busted by his excellency Dr. Warren Farrell – Why Men Earn More – MRM
-https://www.youtube.com/watch?v=Tv0KbQT1dvc

Thomas Sowell refuta feminista
-https://www.youtube.com/watch?v=PtvbVMiY-r8

Thomas Sowell on the Gender Wage Gap
-https://youtu.be/tC1gRZ6pEko

Why 43% of Women with Children Leave Their Jobs, and How to Get Them Back, by Paulette Light
https://www.theatlantic.com/sexes/archive/2013/04/why-43-of-women-with-children-leave-their-jobs-and-how-to-get-them-back/275134/

2012 Working Mother 100 Best companies Named for Leadership on Creating Family Friendly Policy and Culture
http://www.prnewswire.com/news-releases/2012-working-mother-100-best-companies-named-for-leadership-on-creating-family-friendly-policy–culture-170137576.html

Why  U.S. women are leaving jobs behind
-https://www.nytimes.com/2014/12/14/upshot/us-employment-women-not-working.html?_r=3

Why Women are Leaving the Workforce in Record Numbers
http://www.thefiscaltimes.com/Columns/2013/04/17/Why-Women-Are-Leaving-the-Workforce-in-Record-Numbers

Why Women Are Leaving the Workplace in Record Numbers
https://www.dailyworth.com/posts/3026-women-are-leaving-the-workplace-in-record-numbers

Indian women are leaving the workforce
http://www.hindustantimes.com/static/indian-women-leaving-workforce/index.html

Life expectancy for white females in U.S. suffers rare decline
https://www.washingtonpost.com/news/to-your-health/wp/2016/04/20/cdc-life-expectancy-for-non-hispanic-white-women-dips-for-first-time-in-decades/?utm_term=.5f9e85d2abac

Nine charts thaat show how white women are drinking themselves to death
https://www.washingtonpost.com/news/national/wp/2016/12/23/nine-charts-that-show-how-white-women-are-drinking-themselves-to-death/?utm_term=.90ecc5f0b987

The Job that makes us happiest? Housewife! Survey finds stay-at-home mothers are more satisfied than any other profession
http://www.dailymail.co.uk/news/article-3634473/The-job-makes-happiest-Housewife-Survey-finds-stay-home-mothers-satisfied-profession.html

Career women: Stop throwing away your ovaries! – by Gavin McInnes
-https://www.youtube.com/watch?v=LMKvbU8cxHU

Why Millennials Should Embrace Tradition – by Lauren Southern
-https://www.youtube.com/watch?v=n-L5K_XMww4

Why Are Men Frightened of Marriage? – by Paul Joseph Watson
-https://www.youtube.com/watch?v=Afu1Rwlggf8

Neomasculinity: The Male Backlash Against Toxic Women – by Rosh, Vox Day and Paul J. Watson
-https://www.youtube.com/watch?v=3qHnIp-WzCI

Men on Strike, by Dr. Helen Smith PhD
-https://www.youtube.com/watch?v=gs82rCR-yro

The Flipside of Feminism: What Conservative Women Know – and Men Can’t Say
Booktrailer by Suzanne Venker and Phyllis Schlafly
-https://www.youtube.com/watch?v=6t0O-iV8KBI

Feminism was Created to Destabilize Society, Tax Women and set up the NWO – by Aaron Russo
https://www.youtube.com/watch?v=zCpjmvaIgNA

Marriage Gap
https://en.wikipedia.org/wiki/Marriage_gap

The Effect of Marriage on Political Identification
http://www.inquiriesjournal.com/articles/127/the-effect-of-marriage-on-political-identification

Women, we need to talk about Hillary Clinton – by Stefan Molyneux
-https://www.youtube.com/watch?v=VwHXixxdZB8

https://board.freedomainradio.com/topic/48515-youtube-women-we-need-to-talk-about-hillary-clinton/

Why Women are so Unhappy – by Stefan Molyneux
-https://www.youtube.com/watch?v=Lnr4NGmDZIA

Feminists are Doomed – Yuri Bezmenov
-https://www.youtube.com/watch?v=vLqHv0xgOlc

Vai ter Escola de Princesas sim! – por Cris Corrêa
-https://www.youtube.com/watch?v=l2YSCQk_6YU

Conquistas Feministas X Realidade
-https://www.youtube.com/watch?v=W7I2NNf70JA

Feminismo – por Thaitata
-https://www.youtube.com/watch?v=6cCfbqZK30k

Desmascarando a falsidade dos movimentos feministas
-https://www.youtube.com/watch?v=TjAs44HVlEc

Lauren Southern – Por que eu não sou feminista
-https://www.youtube.com/watch?v=3fXVNGzp57A

Gavin McInnes vs Feminista: Feminismo e a queda do Ocidente
-https://www.youtube.com/watch?v=5zhC1YoJ-R8

10 Mitos Feministas
-http://tradutoresdedireita.org/os-10-mitos-feministas-mais-comuns/

Complementar (Mulheres Infelizes):

As mulheres estão cada vez mais infelizes, principalmente na fase tardia de suas vidas. Aqui você encontra alguns artigos sobre essa surpreendente realidade:

Mulheres ficam infelizes com o chegar da meia-idade


Mulheres ficam infelizes com o chegar da meia idade:
-https://www.tribunapr.com.br/noticias/mundo/mulheres-ficam-infelizes-com-o-chegar-da-meia-idade/

Mulheres estão menos felizes do que nos anos 70:
http://colunas.revistaepoca.globo.com/mulher7por7/2009/09/22/mulheres-estao-menos-felizes-do-que-nos-anos-70/

Americanas não gostam de seus empregos:
http://colunas.revistaepoca.globo.com/mulher7por7/2009/09/09/americanas-nao-gostam-de-seus-empregos/

The sad shocking truth about how women are feeling:
https://www.huffpost.com/entry/the-sad-shocking-truth-ab_n_290021

Americans Over 30 are More Miserable than ever:
-https://www.youtube.com/watch?v=8W_Rf7aD1BU

Women are more unhappy than men:
-https://www.youtube.com/watch?v=Wli1ZwZKGKM

How Feminism makes Women Unhappy and Undatable:
-https://www.youtube.com/watch?v=wcT4wTrbhI4

Tactical Guide to Women: Managing Risks
-https://www.amazon.com/Tactical-Guide-Women-Manage-Marriage-ebook/dp/B074DSGPH9/ref=as_li_ss_tl?ie=UTF8&qid=1530567742&sr=8-1&keywords=tactical+guide+to+women?&linkCode=sl1&tag=ironshrink-20&linkId=8347df47dfb72bc3885d566ea077881c

Why are so many women so unhappy and taking anti-depressants?
-https://www.youtube.com/watch?v=NGDOiSyGot0

Ten reasons women are STILL unhappy (vídeo do Howard Dare):
-https://www.youtube.com/watch?v=cIYHry6H6XQ

Gains in women’s rights haven’t made women happier. Why is that?
https://www.theguardian.com/lifeandstyle/2016/may/18/womens-rights-happiness-wellbeing-gender-gap

Five Ways Feminism has made women miserable
Five Ways Feminism Has Made Women Miserable 

Meet the least happy people in America
https://www.psychologytoday.com/us/blog/high-octane-women/201109/meet-the-least-happy-people-in-america

Did women kill chivalry?
-https://www.youtube.com/watch?v=2IMKyIj0_oU

“Stop blaming men for women’s unhappiness!”
-https://www.youtube.com/watch?v=OSeJj_gymoM

“I left the love of my life because I thought I could do better. Now I’m Childless and alone at 42”:
https://www.dailymail.co.uk/femail/article-2263518/I-left-love-life-I-thought-I-better-Now-Im-childless-42.html

Women no longer the happier sex – the chart that shows how feminism is ruining women’s lives:
https://www.telegraph.co.uk/news/2016/07/07/the-chart-that-shows-how-feminism-is-ruining-womens-lives/

11 reasons why women are unhappy
-http://www.femalefatal.com/11-reasons-why-women-are-unhappy/

11 Reasons Why Women Are Unhappy !

Complementar (Casamento e Felicidade):

A maioria dos estudos realizados nas últimas décadas aponta que pessoas casadas são felizes por mais tempo e, em muitas etapas da vida, são mais felizes no geral. Eis aqui artigos que comentam sobre o resultado de algumas dessas pesquisas:

Pessoas casadas são mais felizes?
https://revistagalileu.globo.com/Sociedade/Comportamento/noticia/2015/01/pessoas-casadas-sao-mais-felizes.html

Pessoas casadas são mais felizes do que as solteiras, aponta estudo.
http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2012/05/pessoas-casadas-sao-mais-felizes-que-solteiras-aponta-estudo.html

Por que algumas pessoas são mais felizes sendo solteiras?
-https://www.psiconlinews.com/2016/04/por-que-algumas-pessoas-sao-mais-felizes-sendo-solteiras.html

6 razões pelas quais pessoas casadas são mais felizes e tem mais dinheiro (perspectiva masculina em um site para homens):
https://manualdohomemmoderno.com.br/comportamento/6-razoes-pelas-quais-pessoas-casadas-sao-mais-felizes-e-tem-mais-dinheiro

Pessoas casadas são mais felizes (artigo de uma “coach”, de forma que não é imparcial):
https://www.prontaparaoromance.com.br/pessoas-casadas-sao-mais-felizes/

Married Couples are Happier than Singles:
https://www.dailymail.co.uk/news/article-2904986/There-really-thing-wedded-bliss-Married-couples-happier-singles-says-new-study-following-benefits-matrimony.html

Does marriage make people happier, or do happier people get married?
https://science.howstuffworks.com/life/inside-the-mind/emotions/married-people-happier-than-singles1.htm

Childless couples, happiest marriages; mothers happier overall
https://www.dailymail.co.uk/news/article-2538363/Childless-couples-happiest-marriages-mothers-happier-overall-else.html

Married couples, women happier
https://www.dailysabah.com/turkey/2019/02/23/married-couples-women-happier-according-to-life-satisfaction-survey

People who marry young are happier, but those who marry later earn more:
https://www.washingtonpost.com/news/wonk/wp/2013/04/04/people-who-marry-young-are-happier-but-those-who-marry-later-earn-more/?noredirect=on&utm_term=.d72e3694567f

Complementar (Casamento e Longevidade):

A maioria dos estudos realizados nas últimas décadas apontam que pessoas casadas vivem mais e são mais saudáveis. Eis alguns artigos que falam dos resultados desses estudos:

Quem se casa vive mais, diz estudo
-https://veja.abril.com.br/saude/quem-se-casa-vive-mais-diz-estudo/

Casados correm menos risco após cirurgia cardíaca
-https://veja.abril.com.br/saude/casados-correm-menos-risco-apos-cirurgia-cardiaca/

Casados Vivem Mais
http://www.drantoniosproesser.com/website/index.php/noticias/328-casados-vivem-mais-

Homens casados com mulheres inteligentes vivem mais tempo
https://incrivel.club/inspiracao-relacionamento/homens-casados-com-mulheres-inteligentes-vivem-mais-tempo-139160/

Casar faz bem para a saúde, diminui níveis de estresse e aumenta imunidade, diz estudo
https://www.vix.com/pt/ciencia/542796/casar-faz-bem-para-a-saude-diminui-niveis-de-estresse-e-aumenta-imunidade-diz-estudo

Married couples are healthier and live longer – and so does their Children!
https://www.dailymail.co.uk/health/article-485790/Married-couples-healthier-live-longer–children.html

Marital Status and Longevity in the United States Population (scientific paper):
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2566023/

Marriage linked to higher survival in middle age
https://www.sciencedaily.com/releases/2013/01/130110102342.htm

Married couples are healthier, wealthier and less trim:
https://www.theguardian.com/lifeandstyle/2016/apr/17/couples-healthier-wealthier-marriage-good-health-single-survey-research

Do married people live longer?
http://www.dailylife.com.au/health-and-fitness/dl-fitness/do-married-people-live-longer-20131025-2w69o.html

Married vs single: What science says is better to your health?
https://www.medicaldaily.com/married-vs-single-what-science-says-better-your-health-327878

Study: Marriage is good for the heart
http://time.com/41762/study-marriage-is-good-for-the-heart/

Why married men live longer than single men?
-https://healthresearchfunding.org/married-men-live-longer-single-men/

Why Married Men Live Longer Than Single Men

Marrieds live longer than singles, study finds
https://www.huffpost.com/entry/marriage-research_n_2450639

10 reasons married people live longer
https://www.thedailymeal.com/entertain/10-reasons-married-people-live-longer

15 reasons married people live longer
https://www.msn.com/en-us/health/wellness/15-reasons-married-people-live-longer/ss-BBL3Y6P#image=1

Is marriage good for your health?
-https://www.nytimes.com/2010/04/18/magazine/18marriage-t.html

Do married people live longer?
https://www.abc.net.au/health/talkinghealth/factbuster/stories/2008/09/03/2354566.htm

Why married couples live longer than singles?
https://steemit.com/air-clinic/@antigenx/why-married-couples-live-longer-than-singles

Marriage and Men’s health (de um grupo de pesquisa de Harvard)
https://www.health.harvard.edu/newsletter_article/marriage-and-mens-health

The case for marriage:
-http://www.psychpage.com/family/brwaitgalligher.html

The Case for Marriage: Why Married People Are Happier, Healthier, and Better off Financially

Artigos contra a instituição do casamento

Is it true that single women and married men do best?
Artigo da Dra Bella DePaulo, uma das maiores defensoras da ideia de que você nunca se case (sim, inclusive homens). Ela torce e distorce estudos para embasar suas teses, mas, ainda assim, é uma ativista anti-casamento que ao menos extrai suas afirmações de pesquisas confiáveis, ainda que selecione os dados para embasar seus argumentos. Para que não digam que sou parcial:
-https://www.psychologytoday.com/us/blog/living-single/201701/is-it-true-single-women-and-married-men-do-best

No, getting married does not make you live longer
Nota: outro artigo da Dra Bella dePaulo. Dessa vez, o título do artigo é um pouco desonesto. Um título mais apropriado seria:
Two groups of people live the longest: those who get married and stay married, and those who stay single and never marry.
-https://www.psychologytoday.com/us/blog/living-single/200902/no-getting-married-does-not-make-you-live-longer

Women are happier without children or a spouse, claims hapinness expert
A maioria dos artigos que encontrei afirmando que as mulheres são no geral mais felizes sem crianças ou marido (note aqui que ele se refere a mulheres que nunca se casam, e não a divorciadas) são baseadas nas declarações do pesquisador Paul Nolan, com poucos dados para dar suporte às suas afirmações. Mas, ei-lo aqui, para que não digam que eu escondo pesquisas (ou, no caso, pesquisadores):

-https://www.theguardian.com/lifeandstyle/2019/may/25/women-happier-without-children-or-a-spouse-happiness-expert

Mulheres solteiras e sem filhos são mais felizes e saudáveis, diz especialista
Em 2019 e novamente um jornalista reciclando as afirmações do Paul Nolan que, aliás, tem distorcido estatísticas descaradamente.
-https://emais.estadao.com.br/noticias/comportamento,mulheres-solteiras-e-sem-filhos-sao-mais-felizes-e-saudaveis-diz-especialista,70002848366?utm_source

Notem que os 3 artigos acima estão na contramão da maioria dos estudos científicos realizados nos últimos 60 anos. Mesmo no site Psychology Today, em que você encontrará os artigos da Dra DePaulo, você encontra artigos que se contrapõem ou invalidam seus argumentos. Exemplo:

Meet the least happy people in America: (Single, Childless Women in their 40s).
https://www.psychologytoday.com/us/blog/high-octane-women/201109/meet-the-least-happy-people-in-america

Thumbnail:
-https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/87/bf/6e/87bf6e4efc9a4ef954a3d798127823a0.jpg


Veja também:

Guerra dos Sexos?
-https://www.youtube.com/watch?v=yeIw1r2U97A

Violência Doméstica: Um problema que também aflige os homens:
https://escritonassombras.com/2016/12/25/violencia-domestica-e-um-problema-que-tambem-aflige-os-homens/

The Truth About Sex: Facts You Won’t Believe are True!
https://www.youtube.com/watch?v=um3EmS9DKsI

As mulheres vivem mesmo melhor na Suécia?
http://tradutoresdedireita.org/as-mulheres-realmente-tem-sido-beneficiadas-na-suecia/
http://www.theglobeandmail.com/opinion/do-women-really-have-it-better-in-sweden/article15552596/?ord=1

Sobre os efeitos perversos que divórcios têm na vida de todos envolvidos:
https://www.bloomberg.com/view/articles/2017-01-11/it-s-divorce-season

When did feminism become so anti-motherhood?
http://www.huffingtonpost.com/joanna-hyatt/when-did-feminism-become-_b_13666536.html

The Red Pill Movie – Documentary
http://theredpillmovie.com/

Bishop Robert Barron on the Homer Simpson Effect – Word on Fire
-https://www.youtube.com/watch?v=7LEdT-sQ4mM

Mais em:

Marriage Stats:
http://researchnews.osu.edu/archive/d…
http://www.familyfacts.org/charts/340…
https://www.unifiedlawyers.com.au/blog/global-divorce-rates-statistics
https://noticias.r7.com/brasil/ibge-divorcios-sobem-casamentos-caem-e-brasileiro-tem-menos-filhos-14112017

Marriage Trivia:
Divorce Rate by Country
https://www.unifiedlawyers.com.au/blog/global-divorce-rates-statistics/
Lesbians Are Getting Divorced at an Alarming Rate
(Lesbians divorce more than heterosexual and gay couples)
-http://www.newnownext.com/why-lesbian-couples-divorce-more/10/2017/
Most people are still hung up on their ex:
-https://www.yourtango.com/201168688/20-shocking-breakup-statistics
Most people would get back with an ex after being dumped
-https://www.bustle.com/articles/185135-most-people-would-get-back-with-an-ex-after-being-dumped-survey-finds
When wives earn more than their husbands, their marriage is less likely to last
-https://www.marketwatch.com/story/can-american-men-ever-be-happy-if-their-wives-earn-more-than-they-do-2019-04-29

Single Motherhood and Divorce Rates:

https://www.cdc.gov/nchs/data/nvsr/nv…
http://www.prb.org/pdf10/single-mothe…
https://www.bls.gov/opub/mlr/2013/art…
https://familyinequality.wordpress.co…
http://www.divorce360.com/divorce-art…

Fatherless Single Mother Home Statistics


-https://youtu.be/o1xf78EltKM
-https://youtu.be/rJ0bSGF2E-U

Fatherlessness Negative Effects:

Rebel Videos about Single Motherhood:
-https://youtu.be/9JsON1ZrlKQ
-https://youtu.be/RibIonQjYJ0
https://thefatherlessgeneration.wordp…

Crime:
https://ucr.fbi.gov/crime-in-the-u.s/…
https://www.prisonpolicy.org/reports/…

Intelligence:
http://www.intelltheory.com/flynneffe…

More
https://www.psychologytoday.com/us/blog/growing-friendships/201506/do-boys-need-rough-and-tumble-play

 

Anúncios

Violência doméstica é um problema que também aflige os homens!

Vídeo que fiz sobre o assunto:


Artigo:

Coisas que acontecem na véspera de natal. Conversas boas, que engrandecem a gente por um lado, e nos desafiam por outro. Enfim. Um dos tópicos com o qual me deparei foi o do título. Sim, é importante combater a violência doméstica contra a mulher. Mas por que nos esforçamos tanto para ignorar que o problema também aflige os homens?

Enfim, vamos aos dados.

De acordo com o SIM (Sistema de Informações de Mortalidade) da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde (MS), tivemos em 2010 oficialmente 52.970 homicídios no Brasil, sendo 48.493 homens (91,5% do total de vítimas) e 4.477 mulheres (8,5%).

De acordo com o estudo divulgado em 2012 pelo Dr. Julio Jacobo Waiselfisz intitulado “Mapa da Violência 2012 – Atualização: Homicídio de Mulheres no Brasil”, obtemos os seguintes números relacionados à violência doméstica:

“Outra informação registrada na Declaração de Óbito é o local do incidente que originou as lesões que levaram à morte da vítima. Entre os homens, 14,3% dos incidentes aconteceram na residência ou habitação. Já entre as mulheres, essa proporção eleva-se para 41%.” (Waiselfisz, Página 10).

Sendo assim, teriam sido vítimas de violência doméstica 14,3% dos homens vítimas de homicídio (6.934 homens mortos); enquanto 41% das mulheres vítimas de homicídios (1.836 mulheres mortas) teriam sido vítimas de violência doméstica.

Portanto, o total das vítimas de homicídios causados por violência doméstica foi de 8.770 mortos, e destes, 6.934 ou 79,06% das vítimas de violência doméstica cujo resultado foi a morte foram do sexo masculino. De forma que, pelo mesmo método utilizado para inferir o número de mulheres vítimas fatais de violência doméstica, podemos afirmar que 80% das vítimas fatais de violência doméstica foram do sexo masculino. Infelizmente, como o foco do estudo era o mapeamento da violência contra a mulher, esse dado passou batido por BOA ou a quase TOTALIDADE da imprensa.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o oitavo em número de suicídios no mundo. Em 2012 foram 12.541 mortes por suicídio, sendo 9.918 homens (79,09%) e 2.623 (20,91%) mulheres. Ou seja, QUATRO em cada CINCO suicídios são cometidos por homens. Dentre as causas estão danos emocionais em decorrência de abuso de ex-cônjuge. Infelizmente, novamente, pouca atenção é dada a este fenômeno porque ele não interessa à narrativa vigente.

 

DADOS COMPLEMENTARES

O mais completo levantamento já feito no Brasil sobre agressões no namoro (entre adolescentes e jovens adultos) foi realizado pelo Centro Latino-Americano de Estudos de Violência e Saúde Jorge Careli (Claves) da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. De acordo com o estudo, 9 em cada 10 adolescentes afirmaram já ter praticado ou sofrido violência no namoro. Cerca de 30% das jovens mulheres admitiram agredir fisicamente o parceiro,  ante 17% dos homens. Ainda, 33% das adolescentes admitiram forçar o namorado a fazer sexo com elas ao colocar em xeque sua virilidade.

Um levantamento feito pelo Centro de Atendimento e Apoio ao Adolescente da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) “sugere que 22% das meninas atendidas têm comportamento violento contra outras pessoas (sejam meninos, amigas, pais ou professores), ante 12% dos meninos.

Um levantamento da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) encabeçado por Fernanda Bhona apontou que o problema persiste após o casamento. De acordo com o estudo, 77% das mulheres entrevistadas afirmaram já ter xingado, humilhado ou intimidado o parceiro; entre os homens, 71% afirmaram já ter feito o mesmo. Com relação à agressão física, 24% das mulheres afirmaram já ter agredido o companheiro com socos, chutes e tapas; segundo as próprias mulheres, 20% dos homens cometeram o mesmo tipo de agressão. Quando o ato violento deixa lesão, ainda de acordo com as próprias mulheres, 13% delas são responsáveis pela ação, contra 9,5% das agressões masculinas. Ainda de acordo com o levantamento, 16% das mulheres foram forçadas a fazer sexo com o parceiro contra sua vontade, contra 14% dos homens que foram coagidos a fazer sexo com a parceira contra a sua vontade.

Em revista da Universidade Federal de Juiz de Fora, Fernanda Bhona afirma:

“Tanto a mulher quanto o homem
praticam violência. Contudo, é preciso
considerar que o impacto da ação
produzida pelo homem geralmente
é maior que o mesmo ato da mulher.
O tratamento cultural é diferenciado:
quando ele agride, a conduta tende a
ser avaliada como crime; mas se for
ela, em determinados casos, não. Esse
comportamento pode ser até tolerado
socialmente”

Outro dado interessante do mapeamento da violência contra a mulher (Waiselfisz) citado anteriormente é o que se refere ao possível agressor da violência doméstica. Do total de vítimas de violência contra a mulher,  em menos da metade (43,4%) o provável agressor é o parceiro ou cônjuge; e em 19,8% dos casos o agressor é um dos pais ou criadores.  Utilizando dados do SINAM/SVS/MS de 2011, o autor nos aponta os seguintes dados:  na faixa etária de zero a nove anos de idade, o número de atendimentos femininos por violência física cometida por um dos pais biológicos foi de 4.741 garotas. Destes, em 1.877 (39,59%) o agressor foi o pai e em 2.864 (60,41%) a agressora foi a mãe.

Ou seja, a maioria (mais de 60%) das agressões contra crianças de 0 a 10 anos perpetradas por um dos pais biológicos que levaram ao atendimento ou intervenção do Ministério da Saúde foram perpetradas pela mãe.

Bibliografia:

Mapa da Violência contra Mulheres (2012) pela UNESCO:
http://www.mapadaviolencia.org.br/pdf2012/MapaViolencia2012_atual_mulheres.pdf

Mapa da Violência – Geral (2012 )
http://oglobo.globo.com/arquivos/mapa_violencia_2012.pdf

SIM/SVS/MS: Consolida SIM 2011
http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/sim/Consolida_Sim_2011.pdf

Site do Ministério da Saúde:
http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=02

Brasil é o 8º no mundo em número de suicídios no mundo, diz OMS:
http://noticias.terra.com.br/brasil/brasil-e-o-8-em-numero-de-suicidios-no-mundo-diz-oms,aa76f125bc048410VgnCLD200000b1bf46d0RCRD.html

Violência Doméstica e Consumo de Álcool Entre Mulheres (UFJF):
http://www.ufjf.br/ppgpsicologia/files/2010/01/Fernanda-Monteiro-de-Castro-Bhona.pdf

Matéria da Universidade Federal de Juiz de Fora:
http://www.ufjf.br/revistaa3/files/2013/10/43-45.pdf

Fundação Oswaldo Cruz do Rio de Janeiro republica matéria:
http://www.ensp.fiocruz.br/portal-ensp/departamento/claves/detalhes-noticias/27966

Elas Batem, Eles Apanham (coisa rara na mídia brasileira):
http://revistaepoca.globo.com/vida/noticia/2011/10/elas-batem-eles-apanham.html

Notícia da pesquisa no Diário da Saúde:
http://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=mulheres-praticam-mais-violencia-domestica-homens&id=9004

Fieber, Martin (California State University): References Examining Assaults by Women on Their Spouses or Male Partners:
http://web.csulb.edu/~mfiebert/assault.htm

Pesquisa realizada pela psicóloga Simone Alvim sobre a escalada da violência:

ou aqui

The Truth about Domestic Violence, by Stephan Molyneux:

Stop Abuse for everyone:
http://www.stopabuseforeveryone.org/library/articles/18-article/278-information-on-male-victims-of-domestic-violence.html

Mais em:

http://sexoprivilegiado.blogspot.com.br/2014/03/quatro-em-cada-cinco-pessoas-assassinadas-por-violencia-domestica-no-brasil-sao-homens.html

http://sexoprivilegiado.blogspot.com.br/2013/07/atualizacao-assassinatos-e-agressoes-cometidos-por-mulheres-contra-homens-em-2013.html

http://sexoprivilegiado.blogspot.com.br/2014/01/atualizacao-assassinatos-e-agressoes-cometidos-por-mulheres-contra-homens-em-2014.html

https://papodehomem.com.br/nao-precisamos-de-pesquisas-para-saber-que-os-homens-estao-com-problemas/

Men are always guilty (no matter what):
Aqui

Documentário Red Pill:
http://theredpillmovie.com/


Falsas acusações de estupro
:

Nas varas de família da capital falsas denuncias de abuso sexual podem chegar a 80% dos registros!
http://extra.globo.com/noticias/rio/nas-varas-de-familia-da-capital-falsas-denuncias-de-abuso-sexual-podem-chegar-80-dos-registros-5035713.html?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar

13 mulheres que mentiram sobre terem sido estupradas e por que:
http://br.avoiceformen.com/recomendados/13-mulheres-que-mentiram-sobre-estupro-e-por-que/
12 Women Who Lied About Being Raped And Why They Did It

Polícia de São Paulo registra ocorrência após relato de estupro por pensamento:
http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/09/policia-de-sp-registra-ocorrencia-apos-relato-de-estupro-por-pensamento.html

Aluna de pedagogia faz falsa acusação de estupro:
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/03/1598943-aluna-de-pedagogia-da-usp-faz-registro-falso-de-estupro.shtml?cmpid=compfb

 

Nota (2019):

Nesse vídeo a palestrante traz dados mais recentes e precisos sobre o assunto: https://youtu.be/Y5Urv7HL52I

Fui questionado sobre o uso de uma “manipulação” ou “falacia lógica” quanto ao dado de que 14% dos homens morrem em casa – o que não quereria dizer que são vítimas de suas cônjuges. Ocorre que o mesmo questionamento pode ser feito no dado utilizado no mapa da violência contra a mulher. Acho que ficou bem claro no vídeo que só demonstrei esse dado por causa da ênfase que é dada a ele no estudo (quando o assunto é violência contra a mulher).

Agora, o dado mais relevante é o que comento em seguida: quase 80% das vítimas de violência doméstica que resultaram em morte foram do sexo masculino de acordo com os mesmos dados que foram levantados no mapeamento da violência contra a mulher (de forma que invalidar o método de levantamento de um automaticamente invalida o outro, ou seja, ou morre mais homem do que mulheres em incidentes de violência doméstica, ou não podemos afirmar qual o número nem de um, nem do outro, invalidando, assim, o estudo sobre “feminicídio”).

Seja como for, estamos em 2019 e os últimos levantamentos já trazem o número de homens assassinados por suas cônjuges e sim, é aparentemente maior do que o de mulheres assassinadas por seus cônjuges. Isso não diminui a importância do combate à violência contra a mulher, mas aumenta a ênfase na necessidade de conscientização e combate à violência contra o homem.